Nesse artigo você lerá 5 dicas do pequeno guia para fugir de enrascadas ao falar inglês e ainda conhecerá (ou revisitará) a história do brasileiro que pediu batata e recebeu dois frapês

Nesse artigo você poderá ainda conhecer um pouco da história de alguém que viajou para os Estados Unidos pensando que não teria problemas ao falar inglês. Mas esse alguém não era tão bom assim quanto pensava. Esse "alguém", por acaso, sou eu.

"Estou deitando no inglês, já!"

A frase é de um vídeo que rolou pelas redes no final do ano passado. O vídeo mostra um brasileiro que vai ao drive-thru de um McDonald's nos Estados Unidos e pede duas batatas e uma Coca. Acaba recebendo dois frapês. Não assistiu? Fica tranqüilo! Vamos deixar ele no final do post.

Quem me conhece bem, sabe que estudei a língua inglesa por muito tempo, que gosto de ler livros em inglês e assisto filmes e seriados sem legenda. Pensei que não teria problemas com conversas em inglês. 

Minions conversando

Até falei para a Milena: "fica tranquia, que eu resolvo". Ah! Como fui inocente! Em certas lojas e nas recepções dos hotéis, era até fácil conversar. Em alguns restaurantes também. Mas em outros, especialmente os de fast-food. Caramba! A comida é rápida, a conversa também! =P

E quando a atendente do Mc Donnald´s faz uma pergunta que você não esperava e você precisa responder rápido, sem muito tempo para pensar, todo aquele background parece ir embora pela janela do carro.

Na viagem que eu e a Milena fizemos para a Flórida, não cheguei errar tão feio quanto o cara do vídeo. Mas confesso que passei alguns apuros. Demorei para entender algumas palavras. Especialmente quando os garçons falam rápido. E em muitos lugares, os garçons falam rápido!

Um dos meus erros foi pedir green beans no Red Lobster. Pensei que que comeria o delicioso feijão verde ou o feijão de corda, tradicional no nordeste brasileiro. Ledo engano! Recebi vagem no lugar. E eu nem sou muito fã de vagem.

Green beans significa vagem.
Meu prato com vagem de acompanhamento. E eu queria feijão verde.

Mas qual é o segredo para evitar situações assim? Não conheço uma regra infalível, mas vou dizer algumas coisas que eu fiz e, de certo modo, funcionaram. Conheçam o...

Pequeno guia para fugir de enrascadas ao falar inglês:

  1. O primeiro passo é manter a calma.
    Respire fundo e tenha paciência. Não se desespere para falar rápido ou tentar entender o que não entendeu.
  2. Seja claro e sincero.
    Se não entendeu, diga que não entendeu. Não é vergonha pedir para a outra pessoa repetir ou falar mais devagar. Bom... talvez seja, sim, um pouco vergonhoso. Mas é melhor do que comer o que você não quer ou comprar algo que você nem sabe o que é. 
  3. Use sinônimos ou explicações.
    Aquela palavra que você ia dizer, e que estava na ponta da língua, escorregou garganta abaixo e não quer voltar? Não tem problema. Use sinônimos ou explique o que você quer de outra forma.
  4. Use outro idioma
    Muitas pessoas sabem falar mais de um idioma. Nos Estados Unidos, se não estiver conseguindo se comunicar em inglês, pergunte educadamente se a outra pessoa sabe falar outro idioma que você seja mais familiarizado. Espanhol, talvez. Em algumas cidades turísticas, principalmente naquelas muito visitadas por brasileiros, há até pessoas que falam português. Miami e Orlando são bons exemplos.
  5. Use gestos
    Nada que fez antes deu certo? Faça como os italianos: use mais gestos do que palavras. É impressionante como um pouquinho de mímica pode nos tirar de situações difíceis! Use aquela habilidade de campeão de Imagem & Ação! Apele para os gestos e vai com tudo!

Estas dicas não são infalíveis, mas podem ser bastante úteis. Foram para mim, eu garanto! Mas use com moderação e não fuja do desafio de se fazer entender no idioma local. Afinal, a melhor forma de aprender é praticando.

É melhor ter a coragem do Joel Santana e se arriscar para tentar aprender e se fazer entender, do que nunca aprender inglês.

Se esse artigo foi útil para você, compartilhe com seus amigos. Pode ser útil para eles também!

E, como prometido, segue o vídeo do cara que se deu mal no McDonald's. Mas não ria! Isso poderia ter acontecido com você. Assim como poderia ter acontecido comigo.


Max perfil piri 600x600

Max Braga

Max é desenvolvedor de software e se acha um bom contador de histórias. É escoteiro e, nas horas vagas, gosta de viajar e se distrair!

Facebook

Os Turistas têm uma entrega especial para você!

Assine nossa lista e receba mais artigos como este diretamente no seu e-mail. É prático, é rápido e é gratuito!

Nós respeitamos sua privacidade. Prometemos que não enviaremos spam. Apenas o informativo de artigos novos no blog. Você receberá, no máximo, um e-mail nosso por dia. Pode confiar!

Artigos relacionados

Booking.com